• Caop Saúde Pública

Of. Circular nº 14/09-i - CAOSAÚDE- H1N1, SER OU NÃO SER

Of. Circular nº14/09-CAO/Saúde-i Curitiba, 14 de setembro de 2009.


Prezado (a) Colega.

i) Em virtude da aparente estabilização dos casos de infecção pela gripe A (H1N1), as autoridades sanitárias estadual e do município de Curitiba, na semana finda, deliberaram pelo retorno das servidoras gestantes às suas atividades laborativas. Não obstante, isso não significa que cautelas especiais não devam continuar a ser adotadas.

Quando da retomada do trabalho por parte das grávidas, seguem valendo as recomendações para que, na medida do possível, sejam elas remanejadas a fim de evitar contato direto com o público, naquelas situações em que é ocorrente tal circunstância, além de outras providências (v. página eletrônica do CAO).


ii) Quanto à situação de pessoas que tiveram ou têm contato com indivíduos acometidos com o vírus Influenza A (H1N1), os profissionais médicos, em alguns momentos, têm sido solicitados a se pronunciar acerca do fato. Surge, aí, a configuração de rara hipótese de classificação, não de contágio efetivo, mas de probabilidade de doença.

Alguns médicos estão a fazer uso da codificação Z20.8, da Classificação Internacional de Doenças (CID), que estipula, textualmente, o "contato com e exposição a outras doenças transmissíveis".


iii) Trazemos alguns números da situação atual (até 9/9/09) das ocorrências da Gripe A, conforme indicadores divulgados pela SMS de Curitiba, destacando-se, dentre eles:



- SUSPEITOS NOTIFICADOS NO PARANÁ: 49.351

Em relação à Capital, especificamente:

- SUSPEITOS NOTIFICADOS: 8.101

- COLETAS: 2.491

- 808 em andamento

- 1.683 com resultado:

- negativos = 631 (37,5 %)

- positivos para influenza = 1.052 (62,5 %) sendo:

- 888 FluA(H1N1)v (84,4 % dos positivos)

- 164 influenza sazonal (163 FluA e 1 FluB)

- 264 gestantes notificadas

- 54 casos de GESTANTES CONFIRMADAS DE FLU A (H1N1)v

- Id mediana – 25 anos (variando entre 14 e 36 anos)

- Idade gestacional dentre as 54 gestantes confirmadas Flu A(H1N1):

- 8 gestantes em primeiro trimestre (15%) / HOSPIT= 1 (12,5%)

- 20 gestantes em segundo trimestre (37%) / HOSPIT= 5 (25%)

- 25 gestantes em terceiro trimestre (46%) / HOSPIT= 12 (48%)

- 1 gestantes com idade gestante indet (2%) / HOSPIT= 0



Informações completas encontram-se no arquivo que está em anexo. (clique aqui)



Na oportunidade, ratificamos ao (à) eminente Colega nossa manifestação da mais elevada consideração.



Marco Antonio Teixeira                             Luciane Maria Duda
Procurador de Justiça                              Promotora de Justiça



Recomendar esta página via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem